Presidente do Observatório Social de Uberlândia (OSU) faz apresentação na Câmara de Vereadores

Publicado para | Destaque em 05 de maio de 2017 20:28

Presidente da instituição na cidade apresentou no plenário as iniciativas do projeto. Fundado em Uberlândia há um ano, o Observatório Social de Uberlândia esteve presente na sessão plenária da Câmara Municipal nesta terça-feira (2). Vladimir Rodrigues de Queiroz, presidente do Observatório Social no município, estava acompanhado de Carlos Eduardo Testa, assessor político-institucional da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), que é uma das entidades mantenedoras da instituição, dentro do G7.

Com a palavra no plenário, Queiroz explicou para os vereadores e público presente como funciona a fiscalização das contas municipais. “Nós temos uma filosofia que se baseia no monitoramento dos gastos públicos, de forma discreta e eficiente. É uma ONG que está a serviço da população e da cidadania, o que é essencial para a criação de um Brasil melhor”, afirmou.

O trabalho do Observatório Social tem o objetivo de melhorar a gestão pública dos municípios brasileiros, por meio da transparência e da educação fiscal. É uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, que está presente em 19 estados do país, por meio de 108 observatórios. Em Minas Gerais são 3, nos municípios de Uberlândia, Pará de Minas e Piumhi.

Mantenedores

Patrocinadores

Apoiadores

ObservatórioSocial de Uberlândia

Filiado à Rede OSB de observatórios sociais